Evento virtual mostra que aeroportos estão abertos aos negócios

Encontro on-line contou com o superintendente de Negócios em Áreas Externas e Serviços Aéreos da Infraero, Bruno Barreto, e com o assessor da Secretaria Nacional de Aviação Civil, Ricardo Rocha

Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Evento virtual mostra que aeroportos estão abertos aos negócios

Encontro on-line contou com o superintendente de Negócios em Áreas Externas e Serviços Aéreos da Infraero, Bruno Barreto, e com o assessor da Secretaria Nacional de Aviação Civil, Ricardo Rocha

As oportunidades de negócios nos aeroportos brasileiros foram tema de mais uma Super Live ABF. Sob o tema “Perspectivas e modelos de negócios no setor de aeroportos”, o evento realizado no dia 28 de julho foi conduzido pelo presidente do Conselho da ABF, Ricardo Bomeny, e contou com a participação do superintendente de Negócios em Áreas Externas e Serviços Aéreos da Infraero, Bruno Basseto, do assessor da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), Ricardo Rocha, e da diretora de Relacionamento, Microfranquias e Novos Formatos da ABF, Adriana Auriemo. Rocha falou em melhorar o ambiente de negócios no País e mostrou as perspectivas para o momento de retomada. A partir de abril deste ano pôde ser observada, segundo ele, uma tendência mais rápida de recuperação do mercado doméstico. O assessor destacou que, atualmente, há 22 aeroportos, a maioria de atuação regional, privatizados. Ao apresentar os diversos aeroportos, nas diferentes regiões do País, em cidades como Ipatinga, em Minas Gerais, Altamira e Marabá, no Pará, Basseto ressaltou que há oportunidades de negócios em todos. O especialista mostrou, ainda, como navegar no site da empresa federal para ficar a par das oportunidades de negócios e participar de licitações. Basseto ressaltou, ainda, “a abertura da Infraero para ouvir o mercado, tratar junto com a ABF, com os lojistas”, numa ampla disposição para receber sugestões dos mais diversos modelos de negócios. Segundo Bomeny, as parcerias de franqueadores associados com a Infraero aumentaram desde a primeira Super Live realizada entre ambas as instituições, no primeiro semestre. “Tem saído bastante negócios a partir da iniciativa da ABF de trazer a Infraero e a Secretaria Nacional de Aviação Civil mais para próximo”, disse. “De maneira geral, trabalhar em aeroporto é uma ótima oportunidade de expandir seus negócios, sua marca”, finalizou a diretora da ABF, Adriana Auriemo, que também é sócia-diretora da rede Nutty Bavarian e tem forte atuação nos terminais aeroportuários brasileiros.