Pergunte à Home Angels

Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Pergunte à Home Angels

O que é o coronavírus?
Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente, descoberto no final de 2019 na China, provoca a doença chamada Covid-19. O quadro varia de leve a moderado, com sintomas como febre, tosse e dificuldade para respirar. Alguns casos podem ser mais graves, por exemplo, em pessoas que já possuem outras doenças. Nessas situações, há risco de ocorrer síndrome respiratória aguda grave e complicações, chegando ao óbito. É importante destacar que os idosos geralmente não apresentam febre, por isso, a atenção aos sintomas deve ser redobrada para essa população.

Como se dá a transmissão do vírus?
Segundo informações do Ministério da Saúde, investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação ocorre de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação é via gotículas respiratórias ou contato com secreções contaminadas. Dessa forma, qualquer indivíduo que tenha contato próximo (cerca de 1 metro) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposto à infecção.

Como os idosos podem se proteger do coronavírus?
Os idosos fazem parte do grupo de maior risco da doença, assim como doentes crônicos, transplantados e pessoas em tratamento com determinados tipos de medicamento, como quimioterápicos. Para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir a doença, são orientados os seguintes cuidados básicos: lavar as mãos (dedos, unhas, punho, palma e dorso) frequentemente com água e sabão por, pelo menos, 20 segundos e, de preferência, utilizar toalhas de papel para secá-las – se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool –; evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contato próximo com pessoas doentes; ficar em casa quando estiver doente; cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e depois jogá-lo no lixo, e limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Outras recomendações importantes são ter boas noites de sono e uma dieta saudável, ficar longe de aglomerações e reduzir o contato social.

Como é o tratamento dessa doença?
Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus. O que se indica é repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas para alívio dos sintomas, conforme cada caso – por exemplo, uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos) e uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse.

O que fazer se o idoso tiver sintomas?
Como os idosos fazem parte do grupo de risco, o Ministério da Saúde informa que eles devem buscar atendimento médico ao apresentar qualquer sintoma gripal como coriza, tosse, dor no corpo e, principalmente, falta de ar, que é o sinal de agravamento da doença.