CNA é escolhido Franqueador do Ano pela ABF

O CEO da rede Décio Pecin fala sobre essa importante conquista

Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

CNA é escolhido Franqueador do Ano pela ABF

O CEO da rede Décio Pecin fala sobre essa importante conquista

O CNA, uma das mais tradicionais redes de ensino de idiomas do Brasil, foi o vencedor do 26º Prêmio ABF Destaque Franchising na categoria Franqueador do Ano. Fundada em 1973 pelo empreendedor Luiz Gama, que começou sua trajetória vendendo livros de porta em porta, a marca representa atualmente 614 escolas e atende cerca de 400 mil alunos em todo o território nacional. A seguir, o CEO da empresa, Décio Pecin, comenta a importante conquista.

Como você avalia a conquista pelo CNA do 26º Prêmio ABF Destaque Franchising na categoria Franqueador do Ano?
Essa conquista é um reconhecimento à nossa história no franchising ao longo de mais de três décadas, e tenho muito orgulho disso. Tenho também muito orgulho de todos que trabalham em nossas 614 escolas em todo o Brasil e de representar o setor de ensino de idiomas no Brasil. Um seleto grupo de franqueadores atingiu esse patamar na história, e é uma honra poder estar no lugar mais alto do pódio do franchising brasileiro.

Qual o resultado da premiação na prática para a rede?
Uma rede ainda mais engajada e motivada para continuar com o melhor atendimento e solução de ensino de idiomas aos nossos alunos. Estamos cada vez mais voltados ao nosso propósito, que é educar para o desenvolvimento das pessoas e a construção de uma sociedade melhor.

Qual a importância desse tipo de premiação para o setor?
É uma chancela de altíssima relevância no franchising brasileiro, não só pela tradição, mas pela qualidade e segurança atreladas à ABF. Além disso, destaco o fato desse reconhecimento ser proporcionado pelos próprios franqueados por meio de pesquisa, de forma espontânea e verdadeira. Isso dá uma grande credibilidade à premiação.

Como é o suporte do CNA aos franqueados?
O CNA oferece diversos serviços para apoiar a gestão das escolas e dos profissionais das franquias, como consultoria operacional e pedagógica, treinamentos gratuitos e plataforma de georreferenciamento de inteligência de mercado. A rede se reinventa a cada ano, procurando estabelecer e consolidar uma relação de longo prazo, confiança e satisfação com os franqueados, assim, manter o sucesso no mercado brasileiro. Na minha opinião, a principal qualidade do CNA está no relacionamento forte e duradouro que estabelece com os franqueados, as equipes e os parceiros de todo o País. Os franqueados e os alunos são a verdadeira razão da existência da marca.

E como tem sido nesse momento de crise provocada pelo coronavírus?
Estamos realizando uma série de ações para dar suporte aos franqueados nesse momento. A primeira delas foi garantir o atendimento à rede. Toda a nossa equipe, composta por cerca de 200 profissionais, conta com a infraestrutura necessária para trabalhar em home office e manter os serviços para os franqueados. Além disso, criamos um comitê que se reúne diariamente para fazer análises e deliberações importantes durante a crise. Outro passo importante foi investir em capacitação de lideranças, com a realização de sessões diárias de webinars, conduzidas por nossos especialistas, sobre temas relacionados à gestão das escolas no atual cenário, incluindo como gerir equipes de forma remota, atualizações de questões legais, trabalhistas e financeiras etc. Durante esse período, também concedemos aos nossos franqueados um pacote de benefícios, como a isenção de alguns pagamentos; incentivamos a venda de produtos para ajudar a rentabilizar as escolas e estamos negociando com bancos parceiros a redução de taxas e concessão de linhas de crédito mais vantajosas. E, sobretudo, adaptamos em tempo recorde nossas aulas para serem oferecidas a distância pelas franquias, mantendo a prestação de serviços com a metodologia e a qualidade CNA.