Vida em transformação

A atriz Fran Freduzeski, que vive um novo momento pessoal e profissional, conta seus segredos de beleza e o que faz para cuidar da saúde

Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Vida em transformação

A atriz Fran Freduzeski, que vive um novo momento pessoal e profissional, conta seus segredos de beleza e o que faz para cuidar da saúde

Aos 40 anos, a atriz Franciely Freduzeski está passando por um momento de transformação na carreira e na vida. Fran, como prefere ser chamada por causa de um estudo numerológico, retornou ao Brasil depois de uma temporada de três anos nos Estados Unidos, onde cursou atuação e aperfeiçoou o inglês.

Ao mesmo tempo, descobriu sofrer de endometriose, passou por cirurgia e, na sequência, ainda tratou uma neurite, doença inflamatória nos nervos, causada pelo uso de metacril, substância aplicada para corrigir imperfeições no corpo. Mas pensa que tudo isso a derrubou? Muito pelo contrário.

Natural de Laranjeiras do Sul, no Paraná, a artista, hoje em dia, tem uma rotina rígida de cuidados com a saúde. “Por causa das dores crônicas, que ainda tenho devido à endometriose e neurite, faço Pilates com uma fisioterapeuta, voltado para a estabilidade do meu quadril, e musculação todos os dias, com um personal que já tenho há mais de 20 anos. É tudo muito direcionado ao meu equilíbrio e força, para manter meu tônus muscular”, conta.

O lado emocional é tratado com terapia, visitas ao psiquiatra e atividades que lhe fazem bem. “Tenho um acompanhamento tanto da mente quanto do corpo e busco fazer tudo o que me deixa feliz. No meu caso é ficar com meu filho, caminhar, ir à academia, ao psiquiatra, à psicóloga, ver filmes, estar com quem admiro e amo, minha fé, meus bichos, minhas flores… Cada um tem que achar suas fórmulas.”

Vaidosa, Fran cuida muito bem da pele. Ela diz que evita o sol e só sai de casa com protetor. “Quando vou à praia, dobro a dosagem de tudo. Como gosto da minha pele lisinha, sem marcas, uso produtos para acne à noite, que também ajudam no rejuvenescimento, creme para a área dos olhos e hidratante para os lábios, lavo o rosto apenas com água gelada e nunca durmo maquiada.”

Na sua rotina de beleza também estão os tratamentos estéticos. A atriz não abre mão de fazer drenagem linfática, pelo menos, duas vezes por semana, para melhorar a circulação e a celulite. Dietas ela confessa que não faz: “como de tudo um pouco, mas sem exageros, e bebo bastante água. As únicas coisas que cortei do cardápio são refrigerante e fritura, e, quando estou um pouco inchada, fecho a boca e pronto, sem paranóia.”

De bem com o espelho, ela afirma que se acha bonita, está satisfeita com o corpo e não tem medo de envelhecer. “Adoro tudo o que vejo. Claro que tem uma gordurinha aqui e outra ali que de vez em quando incomoda, mas aí faço mais exercícios e pronto. Hoje, não me sinto velha e nem jovem, apenas feliz com minha imagem.”

Uma carreira repleta de sucessos

Fran, que é formada pela Casa de Artes de Laranjeiras (CAL) e fez o curso de interpretação da atriz Beatriz Segall, ambos no Rio de Janeiro, estreou na televisão no programa A Turma do Didi, da Rede Globo. Ainda na emissora, atuou nas novelas O Clone, América, Malhação e Orgulho e Paixão, na minissérie Amazônia, de Galvez a Chico Mendes e na série Casos e Acasos. Um de seus maiores sucessos na casa foi a personagem Dona Gegé, no quadro Professor de Mitologia, do Programa Zorra Total, que fazia ao lado de Agildo Ribeiro.

A atriz também teve passagens pela Record – atuou nas novelas Máscaras, no especial Balada Baladão, no reality show A Fazenda e fez uma participação no primeiro capítulo de A Bela, a Feia – e Rede TV!, onde deu vida à Gabriela Solis, a protagonista da versão brasileira do seriado Donas de Casa Desesperadas (Desperate Housewives).

No teatro, foi a personagem principal do espetáculo Exilados e fez parte dos elencos de As Mentiras que os Homens Contam, Dá uma subidinha, Boing Boing e O Último Bolero. Já nas telonas, atuou no filme Lula, o filho do Brasil, e no curta-metragem Maestro, rodado nos Estados Unidos.