Excessos que causam riscos

Gordura localizada, em especial na região abdominal, é fator de risco para enfermidades

Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Excessos que causam riscos

Gordura localizada, em especial na região abdominal, é fator de risco para enfermidades

A cúmulo de tecido adiposo em determinadas áreas do corpo, a gordura localizada incomoda a maioria das pessoas, principalmente em se tratando de estética. Só que, quando localizada na região abdominal, ela também é um fator de risco para diversas doenças, como as cardiovasculares e o diabetes.

Estudos realizados em todo o mundo demonstram que a aparentemente inofensiva “barriguinha” está associada a níveis altos de colesterol e triglicérides, resistência a insulina, pressão elevada (hipertensão arterial) e até gordura no fígado (esteatose hepática).

Além disso, a gordura em excesso pode interferir nos hormônios do apetite. Assim, quanto mais células gordurosas presentes no corpo, menor é a produção do hormônio que diminui o apetite, a leptina, e maior é a do que aumenta o apetite, a grelina.

Quem sofre com esse problema, junto a uma dieta saudável – de baixa ingestão de carboidrato –, pode e deve aproveitar os tratamentos estéticos, como lipo-carbox, lipo-cavitação e lipo-injection. Todos eles são realizados nas clínicas Emagrecentro, e visam mobilizar a gordura para que ela seja eliminada pelo próprio organismo, através da urina.

Causas
O grau de adiposidade de uma pessoa depende de vários elementos, com destaque para os genéticos e o tipo de alimentação. Mas alguns fatores externos, como a má postura e o sedentarismo, também induzem ao acúmulo de gordura corporal.

Fonte: Sylvia Ramuth, médica da área de Desenvolvimento e Pesquisa da Emagrecentro

Problemas de saúde, além do sobrepeso
“Por conta de descuidos com a alimentação, acabei ficando com sobrepeso e isso me trouxe não só desconforto estético, mas problemas de saúde: esteatose hepática e glicemia e colesterol altos. Depois de ler e ouvir falar bastante sobre a qualidade dos tratamentos oferecidos pela Emagrecentro, procurei a clínica da minha cidade. Quando cheguei lá, estava com 78 quilos. Depois de 30 dias, já tinha perdido bastante peso e as taxas que estavam altas no meu sangue já tinham caído. Ao final do processo, perdi 15 quilos e 22 cm de circunferência abdominal e ganhei saúde. Depois de fazer o Método 4 Fases e alguns procedimentos estéticos, minha vida é outra. Sinto-me ótima, aprendi a me alimentar e meus exames agora estão todos normais. Minha próxima meta é perder mais 8 quilos e um pouco mais de gordura localizada.”

Jéssie Cássia Silva Gonçalves, 35 anos, técnica em segurança do trabalho e cliente Emagrecentro – unidade Limeira (SP)