Notícias

Varejo paulista deve contratar cerca de 20 mil temporários no final do ano

na Categoria Varejo

Para FecomercioSP, retomada de confiança e expectativa de melhora nas vendas devem ajudar emprego temporário. Metade das vagas deve ser aberta pelo comércio de vestuário, tecidos e calçados

11/10/2016 – Segundo projeção da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), as festas de final de ano devem marcar a retomada nas vendas do varejo paulista, com maior geração de empregos e renda. A contratação de trabalhadores temporários para o fim deste ano deve superar a criação de cerca de 15 mil vagas em 2015 e alcançar a marca de 20 mil empregos até dezembro.

Metade das oportunidades deve se concentrar no varejo de vestuário, tecidos e calçados, outros 25% serão destinadas aos supermercados e o restante será dividido entre os segmentos de lojas de eletrodomésticos e eletrônicos, lojas de móveis e decoração e farmácias e perfumarias. Após um primeiro semestre de resultados ruins, tanto no quesito vendas quanto na geração de empregos, a resolução do quadro político promoveu uma recuperação nos indicadores de confiança, tanto de consumidores quanto de empresários. Em julho, o varejo paulista alcançou o primeiro saldo positivo do ano com a criação de 401 postos de trabalho.

Diante da expectativa de recuperação das vendas do comércio nesse segundo semestre, mesmo que de forma tímida e gradual, que deve continuar em 2017, a FecomercioSP estima que a criação de vagas temporárias no varejo paulista deve ser maior do que a observada em 2015. Além disso, segundo a Entidade, as perspectivas mais positivas para a economia no ano que vem apontam ao menos para uma mínima efetivação de funcionários temporários.

Fonte: FecomercioSP

 

Recommended Posts

Deixe um comentário