Advertisement Advertisement Editora Lamonica – Revista Franquia #84 |ASPECTOS LEGAIS DO FRANCHISING|Franchising já é exemplo em sustentabilidade e responsabilidade social

Notícias

Revista Franquia #84 |ASPECTOS LEGAIS DO FRANCHISING|Franchising já é exemplo em sustentabilidade e responsabilidade social

Franchising já é exemplo em sustentabilidade eresponsabilidade social

Fernando TardioliSustentabilidade e responsabilidade social são valores bastante admirados no mundo corporativo – e nunca foram tão necessários no mundo de hoje! Antes, ações destas naturezas só eram vistas em grandes empresas. No entanto, o franchising brasileiro vem dando bons exemplos para o varejo.
Para começar, vale lembrar o que se espera, na prática, de uma empresa sustentável. De acordo com a Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, criada pelas Nações Unidas, “é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, garantindo a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro”.
No que tange à Sustentabilidade, a ABF sabe a importância de fomentar este princípio entre as suas associadas. Prova disto, é que mantém duas premiações anuais que reconhecem os esforços das franqueadoras neste sentido. Uma delas é o Prêmio ABF RDI Design. Uma das categorias é justamente a “Design Consciente”, que premia projetos que contemplem um olhar ou foco ecologicamente corretos e socialmente responsáveis, e que contribuam para um franchising mais sustentável.
Já o Prêmio ABF Destaque Franchising também conta com a categoria “Sustentabilidade”, que reconhece os projetos que apresentam as melhores práticas de sustentabilidade econômica, social e ambiental nas redes de franquias. Ano a ano, os projetos inscritos – não só os vencedores – surpreendem positivamente!
No que tange à responsabilidade social, o que se espera de uma empresa comprometida com este valor é a adoção de posturas, comportamentos e ações que sejam boas para os públicos interno e externo – colaboradores, acionistas, parceiros comerciais, comunidade do entorno, clientes e meio ambiente. E aqui não estamos falando de ações impostas por força de lei, mas sim, aquelas que brotam voluntariamente – e, justamente por isso, têm um grande valor.
Muitas franqueadoras já mantêm práticas socialmente responsáveis ou preocupadas com a sustentabilidade! O desafio é multiplicá-las para toda nossa indústria, certos de que investimentos em sustentabilidade e responsabilidade social retornam de forma surpreendente e muito acima de qualquer expectativa.

Publicações recentes