Advertisement Advertisement Editora Lamonica – Revista Franquia #83 |ASPECTOS LEGAIS DO FRANCHISING|E o franchising se rende ao agronegócio …

Notícias

Revista Franquia #83 |ASPECTOS LEGAIS DO FRANCHISING|E o franchising se rende ao agronegócio …

E o franchising se rende ao agronegócio …

Fernando TardioliA força do agronegócio brasileiro seduziu empreendedores que querem expandir seus negócios por meio do franchising. Hoje, quem deseja atuar neste setor por meio de uma franquia, já encontra franqueadoras com propostas atraentes. E, cada vez mais, surgem novos negócios.
Trata-se de um mercado muito interessante. Foi o agronegócio que ‘segurou’ a economia nacional nos últimos anos, marcados por forte recessão econômica e alto índice de desemprego. A safra 2017/2018, por exemplo, representou 23,5% do PIB [Produto Interno Bruto] do Brasil.
Em se tratando de exportações, há outros números que mostram o potencial do agronegócio: dados divulgados pela Secex, a Secretaria de Comércio Exterior, as vendas de alimentos humano e animal para outros países somaram US$ 81 bilhões em 2018. Incluindo celulose, tabaco e couro, o volume sobre para US$ 100 bilhões. A Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) está otimista com o momento atual, e espera que o setor tenha crescimento de 2% em 2019.
Atualmente, o investidor que quer trabalhar como franqueado no mercado da pecuária encontrará, por exemplo, oportunidades no segmento de criação de touros melhoradores dos rebanhos comerciais. Também é possível atuar com vendas de produtos para nutrição animal ou prestar serviços de agricultura de precisão, oferecendo aos produtores rurais manejo integrado de informações e tecnologias para aprimorar a safra. E há muito mais, já que grandes empresas que atendem este mercado estão interessadas em franquias e, em breve, migrarão para o sistema.
O agronegócio brasileiro é uma potência que transformou o país no quarto maior produtor de alimentos. O franchising nacional, ano a ano, cresce, se profissionaliza e se firma como um importante segmento da economia nacional, além de gerar empregos. Era um casamento previsível, com muita chance de dar certo. Quem acreditou nessa parceria, já está colhendo os frutos!

*Fernando Tardioli é diretor Jurídico da Associação Brasileira de Franchising (ABF), do World Franchise Council (WFC), da Federação Ibero-Americana de Franquias (FIAF) e sócio do escritório Tardioli Lima Advogados

Publicações recentes