Advertisement Advertisement Editora Lamonica – Cristallo retoma expansão no próximo ano

Notícias

Cristallo retoma expansão no próximo ano

na Categoria Franchising
Fachada Cristallo_edit2

Cristallo: com 10 unidades em São Paulo, rede abrirá mais cinco unidades no estado até o final do ano que vem e pretende chegar às principais capitais brasileiras em 2018

Tradicional confeitaria paulista se prepara para atender as demais capitais brasileiras e planeja abrir mais cinco unidades ao longo de 2017

27/10/2016 – Com mais de 60 anos no mercado e responsável pela chegada do panettone ao Brasil, a Cristallo, tradicional confeitaria da cidade de São Paulo reformatou seu negócio e agora mira sua expansão para outras regiões do País. Além de um novo modelo de loja voltada ao público jovem, a rede, que conta com 10 unidades na capital paulista, abrirá mais cinco unidades no Estado de São Paulo até o final de 2017 e pretende chegar às principais capitais brasileiras em meados de 2018.

“Além de expandir para as capitais do país, temos a pretensão de chegar a cidades que tenham ao menos 200 mil habitantes e que tenham renda per capita média de R$ 1.100. Esse é o perfil que buscamos para levar a Cristallo para outras regiões”, declara o sócio-proprietário da confeitaria, José Poppa. Segundo levantamento feito pelo Instituto Tecnológico de Panificação e Confeitaria (ITPC), houve aumento de 2,7% no ano passado. Com evolução do serviço, a Cristallo, torna-se uma aposta para investidores.

A expansão da rede tem como objetivo fortalecer e solidificar o mercado de doces em diferentes regiões. A perecibilidade dos produtos artesanais da empresa é um dos desafios para a expansão. “Todos os nossos produtos são sem conservantes. Queremos um crescimento em espiral, com as franquias parceiras próximas à unidade central. A expansão precisa ser planejada”, explica Poppa. O investimento inicial para se abrir uma franquia da marca é de R$ 161,5 mil, incluindo taxa de franquia, adequação de espaço e instalações.

A rede foi fundada na Itália em 1953 por Armando Poppa que, ao desembarcar no Brasil, trouxe segredos de fabricação do legítimo panettone tipo Millano, além de outras receitas europeias de bolos e doces artesanais. Hoje a marca é administrada pela segunda geração de sua família e possui 200 itens em seu mix de produtos.

Recommended Posts

Deixe um comentário